Todas as Notícias

Após mobilização da ADPJ, estados priorizam vacinação das forças de segurança

Depois do grande número de policiais contaminados pela COVID-19, a Associação Nacional dos Delegados de Polícia Judiciária – ADPJ – em parceria com entidades de todo Brasil, fez um movimento nacional em prol vacinação dos policiais. O manifesto surtiu efeito e vários estados incluíram as forças de segurança na lista prioritária da imunização contra a doença.

Pará, Distrito Federal, Goiás, São Paulo, Espírito Santo, Piauí, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro já anunciaram que os profissionais que atuam na Segurança Pública serão vacinados já neste mês de abril.

A pressão pela inclusão dos policiais no grupo prioritário, alterando a ordem do Plano Nacional de Operacionalizações de Vacinação estabelecida pelo governo federal, se deu por conta do índice de contaminação ser pelo menos quatro vezes maior que o da população em geral.

“Essa articulação feita por alguns estados é muito importante para que isso se torne um movimento nacional. Precisamos que todos os policiais do Brasil sejam colocados na lista prioritária e sejam vacinados. Esses profissionais trabalham diuturnamente na linha de frente do combate à Covid-19 e, para isso, também devem estar protegidos contra o vírus”, afirma Rafael Sampaio, presidente da ADPJ, ressaltando que as forças de Segurança tem sido duramente penalizadas em número de óbitos durante a pandemia.

ADPJ

SCES Trecho 2, Lote 25 Dentro do clube da ADEPOL

CEP: 70.200-002
Site7Dias